Português Italian English Spanish

PRIMEIRA SEMANA DE LUTA DAS TRABALHADORAS E TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DE EUNÁPOLIS-BA

PRIMEIRA SEMANA DE LUTA DAS TRABALHADORAS E TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DE EUNÁPOLIS-BA

Data de Publicação: 11 de março de 2022 09:33:00
A EDUCAÇÃO PÚBLICA EUNAPOLITANA PEDE SOCORRO: EDUCAÇÃO SE FAZ COM VALORIZAÇÃO!!!

 

NENHUM DIREITO A MENOS!!!

 

A APLB Sindicato dos Trabalhadores em Educação das Redes Públicas Estadual e Municipais do Ensino Pré-escolar, Fundamental e Médio do Estado da Bahia Delegacia Sindical Costa Sul Eunápolis, iniciou nessa terça-feira, 08 de março, Dia Internacional da Mulher, sua Campanha em defesa da Educação Pública Municipal e pela valorização dos Trabalhadores e Trabalhadoras docentes e não docentes. A Entidade Sindical iniciou o ano de 2022, com o envio de diversos ofícios ao Poder Executivo Municipal e às suas respectivas  Secretarias, com pauta elencando as demandas da Educação, como:

© Reformas e construção de escolas;

© Falta de Professores/as;

© Falta de Funcionários/as não docentes;

© Material/produtos para o cumprimento das medidas sanitárias de prevenção à COVID-19;

© Alimentação Escolar;                

©Transporte Escolar;

©Lotação de Professores/as e Funcionários/as;

©Não fechamento de turmas, turnos e de escolas;

© Pagamento de titulações em cumprimento à Lei Municipal N° 568/2005;

© Pagamento de Progressões em cumprimento à Lei Municipal N°568/2005;

© Retroativo do reajuste salarial de 2022;

© Rateio das sobras dos recursos do FUNDEB 2021;

© Reajuste salarial dos Trabalhadores/as não docentes 2022;

© Reajuste do Piso do Magistério 2022, em cumprimento à Lei Federal 11.738/2008;

© Realização das Eleições para Diretor/a e Vice para as escolas públicas municipais, em cumprimento à Lei Municipal N°568/2005.

Algumas reuniões foram realizadas com a Secretaria Municipal de Gestão e de Finanças, porém, não houve respostas que atendessem o mínimo das demandas financeiras questionadas e quanto às questões administrativas e pedagógicas, aconteceu uma única reunião com a Secretaria Municipal de Educação agendada pela mesma,  após os Trabalhadores/as em Educação cansados de esperar por diálogo entre seu Sindicato e governo e, em Assembleia Geral, decidirem paralisar suas atividades no dia 08 de março,  dia Internacional da Mulher. Com uma caminhada pelas ruas do centro da cidade, manifestando  suas angústias, insatisfações diante dos descasos com a Educação Pública Municipal e seus Trabalhadores/as, por parte do município de Eunápolis.

Nas reuniões realizadas no dia 08/03/2022, com o Secretário de Gestão e de Educação, respectivamente, as respostas não vieram, ficando agendada com o Secretário de Gestão, uma outra reunião  para o dia 22/03/2022, diante do resultado da reunião, a Categoria em Assembleia no pátio da Prefeitura, deliberou por paralisar mais uma vez suas atividades na manhã de quinta-feira e ocuparem a Câmara Municipal como forma de protesto, chamando a atenção dos/as Vereadores/as para a situação em que se encontra a Educação e seus respectivos Trabalhadores/as. Em tempo, queremos REPUDIAR a fala do vereador José Carlos dos Taxistas , que usou a tribuna da casa do povo para agredir, ofender e culpar os Trabalhadores/as em Educação pelo caos em que está mergulhado a Educação pública municipal, EXIGIMOS RESPEITO E RETRATAÇÃO.

Após a Sessão Ordinária da Câmara de vereadores, em outra Assembleia realizada nas dependências da Casa do Povo, a Categoria deliberou que no dia 16/03/2022, Dia Nacional de Paralisação em Defesa da Educação Pública, promovida pela CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, além de paralisarem suas atividades, farão uma grande mobilização em defesa da Educação Pública Municipal.

Em tempo também, queremos rebater a Nota de Esclarecimento da Prefeitura Municipal de Eunápolis afirmando, baseado na opinião de um colegiado/consórcio de prefeitos que não tem poder legislativo nem de justiça, tampouco competência para determinar alguma ação sobre a vida de Funcionários/as Públicos, haver dúvidas quanto à legalidade do Reajuste do Piso Nacional do Magistério garantido anualmente pela Lei Federal 11.738/2008.

E, na reunião realizada com a Secretaria de Educação, na tarde de quarta-feira, dia 09/03, poucas respostas satisfatórias foram dadas aos diversos questionamentos da Entidade Sindical, ficando confirmada o início dos trabalhos da Comissão de Gestão do Magistério Público Municipal para o dia 15/03/2022, comissão essa, que trata das análises das progressões e avanços na Carreira dos/as Trabalhadores/as em educação.

Esclarecemos que, o objetivo dessa Entidade é manter o diálogo, contudo, que seja de fato efetivada ações que venham sanar todas as problemáticas da educação.

Nosso papel enquanto Entidade Sindical, respaldado em nossa Carta Sindical, é defender os interesses e direitos dos nossos Filiados e Filiadas.

 

 

 

 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário